quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Acreanês

E agora mudaram o nome pra acrianos, mas homem-rapaz, eu falo é acreano mesmo...e do pé rachado! Mas, falo mesmo!
Sou da terra do Cupuaçu!
Aprendi a tomar tacacá  com o Mapinguari...mas isso é outra história!
Sei comer quibe de macaxeira com molho de pimenta da boa!
Não faço cerimônia nem tenho vergonha de onde nasci!
Foi subindo a escadaria da Heliodora e de repente...pronto! Respirei aquele ar quente e feliz do canto do norte onde não há igual!
Foi num instante! Criada com suco de graviola, mas desejando creme de Araçá-Boi !
Já despistei cobra sem medo e domestiquei onça - pintada!
Do inglês ao Javanês, aprendi mesmo o acreanês!
E quem quiser entender minha história, beba da água do Rio Acre!
Sou feita de terra boa! Conquistada no facão! Nessa terra só brota mesmo quem tem fibra, coragem e amor no coração!
Karoline Brasil
www . sobreavidaempalavras.blogspot.com.br